11/04/17

Rebatet, Lucien - Memórias de um Fascista - Lisboa, «Livros do Brasil», 1988. Tradução de Iva Delgado. In-8.º; de 234-III págs. Capa: A. Pedro.
Br. € 7,50

Colecção «Dois Mundos», 170.

Exemplar estimado.

"Nascido em 15 de Novembro de 1903, em França, Lucien rebatat estudou em Saint-Chamond e na Sorbonne, onde se licenciou em filosofia.
A partir de 1929 foi colaborador de L'Action Française, quer como crítico musical, quer como crítico cinematográfico. Em 1932 é um dos mais influentes redactores do Jornal ultra-conservador «Je suis partout». Fanaticamente empenhado na luta anti-democrata, foi redactor do rádio Vichy e activista do grupo de Doriot. Em 1944 visita a Alemanha nazista e em Sigmaringen constitui-se prisioneiro das tropas francesas aquando da derrota alemã. É condenado à morte em 23 de Novembro de 1946 e agraciado em 1947. Morre em 24 de Agosto de 1972".

Sem comentários: